• Contato

Modelos de Negócio na Energia Solar: Como vender onde a Concorrência não chegou

por Thalita Soares




Um pouco sobre os dados atuais de Energia Solar no Brasil


Os números do setor solar estão crescendo rapidamente. Estima-se que mais de 8 mil empresas estejam trabalhando atualmente com Energia Solar no Brasil. Mesmo com os dados evoluindo, ainda existem muitas locais em que ainda não chegou a Energia Solar como uma oportunidade de melhoria para uma dor do Cliente. É por isso que é importante você buscar novos modelos de negócios que abordam vertentes diferentes do que a maioria das empresas atualmente trabalham.


Dados da Greener, no Estudo Estratégico do 3º trimestre de 2019, mostram que a maioria dos consumidores que estão conectados com Geração Distribuídas são de residências e comércios.


Fonte: Greener



De fato esse é dado representam os perfis mais comuns que atualmente usam energia solar, pois os clientes residenciais e comerciais sofrem bastante com a conta de energia elétrica mensal. Com isso, dá para você notar que essa área da energia solar possui uma maior competitividade entre empresas e serviços. Esse público que hoje representa 79% de toda a potência conectada, possuem algumas características similares. Por exemplo, em geral são pequenos empresários e residências, são tomadores de decisão, ou empresas familiares e pequenos comércios. Eles são motivados a aderir aos Sistemas Fotovoltaico visando a economia de energia na conta mensal.


Além disso, com as diversas linhas de crédito e financiamentos, existem muitas oportunidades para essa pessoas tomarem a escolha dos créditos e fazer uma compensação econômica mais inteligente. Isso gera motivação e procura desses tipos de clientes e consequentemente bastante concorrência entre as empresas para prospectar esse público e vender mais.


Vale lembrar que um dos primeiros critérios que um cliente que está procurando uma empresa que vá executar projetos de SFV, é o relacionamento. Quando ele conhece alguma oferta de alguém que já teve experiências e feedback positivos, é possível que vá ser desse cara que ele vá comprar. É por isso que construir um relacionamento agradável e sincero com o cliente é essencial para uma empresa fluir.


Outro ponto que a pessoa leva em consideração é o preço. É comum pensarmos que o mais barato é o melhor. Mas na Energia Solar há diversos tópicos que não podem deixar de passar. Nem sempre, por exemplo, o módulo fotovoltaico mais barato é o que vai dar mais eficiência e produção e ter uma melhor manutenção. É necessário mostrar ao cliente os pontos positivos e negativos de cada equipamento e colocar na balança, para que ele toma a decisão da compra.

Fonte: GsConstrutorauba


Às vezes também, quando o custo do serviço é muito barato, pode significar que ele não seja de qualidade e a execução poderá trazer problemas. Antes então de fazer negócio, é importante analisar todas essas possibilidades. Pois elas afetam diretamente suas vendas.

Pois se o seu funil não está bem definido, e o seu nicho de mercado seja um que tem muita concorrência, é provável que o rendimento do seu negócio não seja alto. Isso pode gerar prejuízos a longo prazo e prejudicar as suas vendas. Pensando nisso que você deve buscar entender outros modelos possíveis para Energia Solar. Te mostraremos mais sobre a seguir.

Novos Modelos de Negócio na Energia Solar


Agora que você sabe que o Mercado Solar está em um ótimo momento para investir, que tal conhecer mais sobre essas oportunidades? Algumas dessas novas formas de aplicar a energia solar como solução são agronegócios, indústrias, grandes comércios, empresas que estão no mercado livre e empresas e comércios sem área de telhado. São áreas ainda pouco exploradas e que a quantidade de empresas que executam serviços para esses são modelos são em números ainda pequenos. Isso acontece tanto pelo fato do mercado ainda está em desenvolvimento, mas também porque muitos empreendedores e integradores não conhecem a respeito.


Como já mencionado, a maior porcentagem referente à potência instalada são em residências e pequenos comércios, e assim boa parte da concorrência se concentra nesse nicho. Com tantas possibilidades inovadoras, é importante que você conheça um pouco sobre cada um!!

O Agronegócio


A energia solar está cada vez mais presente em propriedades rurais, você sabia disso?

Segundo dados da Aneel, Agência Nacional de Energia Elétrica, no primeiro semestre deste ano foram produzidos 32.963kWp. Muitas fazendas estão implementando usinas, para fins de diminuir gastos e depender menos do fornecimento pela rede, que se torna difícil, por serem muitas vezes lugares remotos.


Fonte: CSR Energia Solar


Dessa forma, o Agronegócio é uma modalidade inovadora no Brasil para utilizar Sistemas Fotovoltaicos. É possível também trabalhar sobre uma linha de financiamento a longo prazo e com taxas de juros atrativas. Assim, o investimento nesse modelo tem maior viabilidade econômica.


Além disso, muitos SFV’s utilizados nessas propriedades rurais são sistemas OFF-grid, o que permite um armazenamento de energia, sendo uma solução bastante útil. Outro ponto interessante, é que com a Energia Solar, o produtores acabam diminuindo os gastos com insumos, levando a um aumento da produção. São muitas vantagens não é mesmo? Que tal investir no Agronegócio?



As Indústrias e Grandes Comércios


Outro nicho diferente para se abordar e desenvolver soluções com sistemas energia fotovoltaica são as indústrias e os grandes comércios. Muitas empresas acabam não prestando serviços para esses modelos, em sua maioria pelo fato de a tomada de decisão da instalação ser demorada.


Fonte: E-Solar Engenharia


Sabemos que vender energia solar é tipo de venda complexa, que exige mais atenção, dedicação e uma jornada do cliente bem elaborada, para que se consiga fechar negócio. Esse tipo de cliente tem como foco, muitas vezes, não em “zerar” a conta de energia mensal, mas sim na ideia de eficiência energética. Isso porque eles já possuem em mente os valores de custos de investimento, de retorno e manutenção solar.


Além disso, uma empresa que adota a sustentabilidade apresenta uma boa imagem dos processos produtivos. Logo, é de se esperar que esse modelo de negócio vá alavancar nos próximo anos no Brasil, não vai perder então a oportunidade de entrar para esse nicho!!



Clientes do Mercado Livre de Energia


Uma outra aposta nova de negócio na Energia Solar que você deve conhecer é o Mercado Livre de Energia Solar. Essa é uma modalidade menos utilizada no Brasil e que gera ainda muitas dúvidas e receios de investimentos.


Também chamado de Ambiente de Contratação Livre (ACL), esse mercado possui algumas vantagens como: poder escolher livremente os fornecedores, preços reduzidos por conta da competitividade e eficiência energética nos serviços. O clientes do ACL possuem mais liberdade para fazer negociações de compra de energia por meio de contratos. Esses contratos são com as distribuidoras, em relação à tarifa do fio, e com geradoras ou comercializadoras de energia elétrica, tratando da tarifa de energia.


Fonte: Togawa Engenharia



Clientes sem disponibilidade de telhado


Há muitos consumidores que desejam ter os benefícios da energia fotovoltaica, mas não possuem um local, um telhado por exemplo, que possa ser feita a instalação. Isso é possível através do AutoConsumo Remoto, um modelo de compensação de crédito regido pela Resolução 482 da ANEEL. Através dele é possível que a energia gerada pelo SFV em um local seja utilizada para compensar a conta em local diferente, desde que os imóveis estejam titularizados em um mesmo CPF ou CNPJ.


Fonte: Easy Watt


Logo é uma solução de negócio bastante atrativa para investir no setor solar. Pois, com certeza há muitos clientes que querem aderir a fonte renovável, mas acreditam que não possui essa possibilidade por não terem a disponibilidade do telhado. Assim, é interessante que você busque esse mercado também. É um modelo que está crescendo no Brasil e ao longo do anos o número de clientes aumentará!! Incrível, não é mesmo?



Agora é a Hora de Vencer a Concorrência


Muitos empreendedores solares não conseguem ter sucesso porque não vencem a concorrência. Nesse caso é importante buscar outras soluções de negócio onde há poucos concorrentes. É por isso que apresentamos pra você esses Modelos de Negócio na Energia Solar, para que você possa vender muito mais e faturar alto na sua empresa.


O Setor Solar ainda está crescendo no Brasil, com isso há muitos curiosos que querem saber mais sobre as possibilidades que um SFV permite. Com isso, você tem que buscar esses clientes e apresentá-los essas propostas de negócios inovadores.



Fonte: Instituto Solar



Quer aprender como vender Energia Solar e fazer 100 mil reais por mês ?




31 visualizações0 comentário